Torna-se difícil escrever para alguém que tanto marcou a minha vida... Sinto saudades tuas todos os dias, e não há maneira de te pedir para voltares se nunca acabaste por ir... E oh como isto dói.

Nenhum comentário:

Postar um comentário